Posts

Vídeos explicando tudo sobre a cirurgia plástica ocular

É muito comum pesquisar e pesquisar sobre um tema e encontrar muitos textos técnicos e extremamente longos. Principalmente na área da saúde, onde a informação tem que ser passada de forma correta, pois sua saúde e vida podem depender desse detalhe.

E com o intuito de facilitar o maior entendimento sobre a cirurgia plástica ocular, o Dr. Roberto Limongi preparou alguns vídeos contendo informações muito bem resumidas para facilitar o entendimento sobre os principais tópicos.

O que é a cirurgia plástica ocular?


 

Olheiras (bolsão palpebral)

JAMA Facial Plastic Surgery

Não sei se todos sabem que há alguns anos venho me dedicando a uma técnica de lift de terço médio da face com cortes mínimos. Trata-se de uma técnica de rejuvenescimento utilizada durante a blefaroplastia inferior (cirurgia das pálpebras inferiores).
Hoje, acabei de ter a felicidade de ver minha técnica publicada em uma revista internacional de destaque em cirurgia plástica facial, O JAMA Facial Plastic Surgery.

Acesse aqui o artigo completo

Cuidados ao se realizar um preenchimento facial.

Dentro de poucos minutos, com aplicações feitas no consultório, voce pode melhorar sua aparência e rejuvenescer muitos anos sem cirurgia. Trata-se “preenchimento facial”, uma técnica minimamente invasiva que vem ganhando popularidade nos últimos anos devido aos resultados imediatos e recuperação rápida. Entretanto, o Dr. Limongi adverte sobre os cuidados necessários para tal procedimento.

O preenchimento facial pode ser feito por preenchedores (“fillers”) temporários ou permanentes. Os preenchedores permanentes como o PMMA (polimetilmetacrilato) ou Metacril, apesar de terem baixo custo podem levar a complicações severas. Assim, principalmente na região periocular, devemos optar por preenchedores do tipo temporários como o ácido hialurônico.

Este tipo de aplicação deve, obrigatoriamente, ser feita com acompanhamento de especialistas, uma vez que este procedimento implica em um cuidado minucioso, e se feito de maneira incorreta, pode causar sérios problemas.

Veja aqui a entrevista completa do Prof. Dr. Limongi, para o Cosmetic Surgery Times.

Preenchimento facial

A região ao redor dos olhos (periorbital) é desafiadora devido a sua delicada anatomia. Irregularidades de contorno, alterações de cor e nodularidade após injeção, podem ser mais
evidentes na região periocular, do que em outras zonas da face, devido a pele fina desta região e sua anatomia peculiar. O Prof.Dr. Limongi publicou recentemente um artigo científico deste assunto em uma importante e conhecida Revista Americana de Estética, o “Aesthetic Surgery Journal”.

No artigo ele aborda as medidas e cuidados para se evitar complicações durante os
preenchimentos faciais nesta região. O Prof.Dr. ressalta que a área ao redor dos olhos deve ser abordada por profissional qualificado que tenha amplo conhecimento da anatomia desta região. Além disso, os preenchedores (fillers) usados para este procedimento devem ser do tipo temporários como o Restylane, evitando os definitivos, por exemplo o Metacril.

Para maiores informações a respeito do assunto, acesse o artigo publicado pelo Prof.Dr. Limongi no link abaixo:

https://asj.oxfordjournals.org/content/36/2/132

Plástica dos Olhos em Goiânia

A Plástica dos Olhos, também conhecida como Cirurgia Plástica Ocular, é uma subespecialidade da Oftalmologia que visa rejuvenescer a região das pálpebras, testa e bochechas; e tratar as doenças desta região.

O Cirurgião Plástico Ocular é um médico oftalmologista que teve treitamento adicional de 2 a 3 anos em cirurgia plástica ao redor dos olhos. Nestes locais, existem tanto problemas funcionais (pálpebras caídas, pálpebras viradas para fora, câncer de pele, fraturas orbitais, doença ocular tireoidiana, entre outros) quanto os problemas relacionados à estética (rugas de expressão, excesso de pele, bolsões de gordura, entre outros).

O Dr. Limongi já escreveu vários capítulos de livro sobre esses temas e desenvolveu técnicas que utilizam pequenas incisões invisíveis dentro das pálpebras para elevar as bochechas flácidas ou os supercílios caídos. No procedimento conhecido como o “Lift Palpebral”, muitas vezes feito em conjunto com a cirurgia de blefaroplastia, os tecidos moles da bochecha ( músculo orbicular flácido e gordura) são elevados e reposicionados para sua localização normal, suavizando os vincos e dobras no terço médio da face (“bigode chinês”).

É importante mencionar que todos estes procedimentos são normalmente feitos sob anestesia local com sedação, sem a necessidade de internação.