Teste para estrabismo

O estrabismo, popularmente conhecido como vesgueira, é quando um dos olhos está fixado no objeto em questão e o outro parece olhar em outro sentido.

Existem vários tipos de estrabismo, os mais comuns são: estrabismo convergente, que é quando um dos olhos é desviado para fora. O divergente se dá quando um deles está desviado para dentro. Outra forma comum é a hipertropia, que é quando um dos olhos está desviado para cima. A forma mais rara da doença é ciclotropia, no qual um dos olhos ou até mesmo os dois estão voltados horário ou anti-horário. Muitas vezes essa forma mais rara vem acompanhada de um movimento inconstante chamado de nistagmo .

O estrabismo pode surgir pela falta do uso de óculos em certo momento. Doenças que afetam nossos sistema nervoso como meningite, síndrome de Down e paralisia cerebral também pode desencadear o estrabismo. Além disso, a característica pode ser adquirida de forma congênita ou genética.  

Para detectar o estrabismo corretamente, é preciso ser feito um teste que consiste em direcionar um foco de luz nos dois olhos abertos para verificar se ele reflete no centro de cada olhos. Se essa centralização não advir, mostra que os olhos não estão alinhados corretamente, podendo estar presente um caso de estrabismo.

O tratamento para correção do desvio consiste no uso de óculos, a intervenção cirúrgica só deve ser abordada no caso de esgotamento dos meios menos agressivos. Para um diagnóstico preciso, consulte periodicamente um oftalmologista.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *